Páginas

16 abril 2011

GCMs terão aumento de 41,2% até o final do ano



Ainda neste mês, 26,8% do aumento já será incorporado aos salários dos GCMs
Notícia publicada na edição de 15/04/2011 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 6 do caderno A - o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.
Wilson Gonçalves Júnior
A Guarda Civil Municipal de Sorocaba terá reajuste de 41,2% até o final deste ano. Parte do aumento, 26,8%, será incorporado já neste mês, retroativo ao dia 1º de abril, enquanto que o restante será integrado aos vencimentos a partir de novembro. O reajuste dado o GCM foi maior que o conquistado pelos demais servidores públicos municipais neste ano, 8%, referente aos do Poder Executivo e 10%, aos funcionários do Poder Legislativo.

O acordo de valorização da categoria ocorreu no Salão de Vidro do Paço Municipal, na manhã de quinta-feira (14) e contou com a participação do prefeito Vitor Lippi, do vice-prefeito José Ailton Ribeiro, do vereador Geraldo Reis (PV), dos secretários de Segurança Comunitária, Roberto Montgomery Soares, Gestão de Pessoas, Silvana Chinelatto, Planejamento e Gestão, Rodrigo Moreno, e Governo, Paulo Mendes, além dos presidentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Sérgio Ponciano, e da Associação da Guarda Civil Municipal, Celso Ferraz de Oliveira e membros da GCM.

De acordo com Celso Ferraz, da Associação dos Guardas Municipais de Sorocaba (AGMS), o salário mensal de um guarda ingresso atualmente é de R$ 693, chegando a R$ 1.386, com a incorporação do 100% referente ao Regime Especial de Trabalho Policial (Retp) - caracterizado pelo periculosidade da profissão. A partir deste mês, um GCM ingresso vai receber R$ 879, chegando a R$ 1.758, com o Retp e passará a receber em novembro R$ 979, chegando a R$ 1958 com o Retp. Outra mudança será no tempo para o ingresso mudar de referência, que diminuiu de 5 para 3 anos, fato que reflete diretamente no vencimento recebido.

Segundo Celso Ferraz, a corporação reivindicava um reajuste até final do ano de 50% e a categoria saiu satisfeita com o reajuste cedido pelo prefeito Vitor Lippi. O representante dos guardas indicou que há 17 anos a categoria não recebia um aumento real diferenciado, bem acima da inflação. Atualmente a GCM tem em seu quadro 368 homens. "Ficamos satisfeitos com o aumento".

Ainda ontem, Lippi anunciou ainda a entrega de 15 viaturas e 5 motos, todas 0 km, além de anunciar as obras da nova sede da GCM, a ser construída para a região da avenida Santos Dumont. A reestruturação da Guarda Civil Municipal vinha sendo discutida desde o início do ano, entre a Prefeitura de Sorocaba e as entidades de representação da categoria Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba (SSPMS) e a AGMS.
 
Sindicato dos Servidores 
NOntem, durante o anúncio do aumento, o presidente do SSPMS, Sergio Ponciano, exaltou o processo histórico dessa conquista e relembrou o trabalho de Charlles Celestino da Silva, ex-GMC e ex-presidente da AGMS, falecido em outubro de 2010 e que muito se dedicou para a valorização dos guardas municipais de Sorocaba.Ponciano foi procurado ontem para falar sobre o índice de reajuste ofertado, maior que de outros servidores, porém não foi localizado e a informação passada na sua residência é que estaria viajando. 

Entretanto, tão logo os servidores do Legislativo receberam valor maior que os do Executivo, colocou-se favorável: "Quanto ao reajuste salarial de 10%, destinado aos Servidores do Poder Legislativo Sorocabano, deliberado pela Mesa Diretora da Câmara Municipal, o nosso Sindicato jamais discordará de ações de valorização salarial e profissional... O SSPMS sempre apoiou e apoiará as concessões feitas ao funcionalismo municipal, por meio de projetos de leis aprovados pela Câmara Municipal, que visam a valorização da categoria."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com