Páginas

24 abril 2011

Manifestação contra a troca de delegado

Umuarama – Uma nova manifestação contra a troca do comando da 7ª Subdivisão Policial (7ª SDP) de Umuarama foi realizada na manhã de ontem (23), no centro da cidade. O evento reuniu as principais lideranças da sociedade em uma carreata que percorreu a avenida Paraná com faixas e veículos de som. O objetivo foi tentar sensibilizar as autoridades responsáveis pela precipitada transferência do delegado-chefe Pedro Luiz Fontana, que deixará a cidade após uma decisão tomada pelo governo.
O protesto que teve início às 9h na praça Miguel Rossafa se estendeu até a praça Santos Dumont, passando pelo comércio da cidade no horário de maior movimento das lojas.
A iniciativa do Rotary Clube Capital da Amizade contou com o apoio de diversos seguimentos da sociedade umuaramense como clubes de serviço, sindicatos, associações de bairro, igrejas e principalmente cidadãos revoltados com a mudança.
Os manifestantes se uniram numa passeata que abria caminho em meio ao trânsito com faixas de protesto. “Rever uma decisão não é covardia. É um ato de grandeza”. “Hoje Umuarama tem segurança! Umuarama precisa que o dr. Pedro fique na 7ª SDP”, diziam duas das faixas carregadas pelos participantes. Atrás deles, alguns carros seguiam um veículo de som numa carreata que cortou o centro da cidade para destacar as conquistas da atual equipe da 7ª SDP. “Em 2008 fizemos uma campanha pedindo mais segurança para a cidade. Hoje estamos fazendo o inverso, pedindo para que deixem tudo como está, pois, está dando certo. Não temos nada contra ninguém, mas como entidade de classe falamos em nome da população e a atual equipe da 7ª SDP está fazendo um bom trabalho. Agora está nas mãos das autoridades pensar no que é melhor para os umuaramenses”, disse o rotariano Leonardo Bacarin Filho, um dos organizadores do evento.
Para o representante do Lions Clube, promotor Carlos Moreno a população precisa ser consultada antes de uma medida como esta. “Realmente hoje a comunidade respira aliviada devido a bom trabalho prestado pelas forças de segurança da cidade. De repente vem essa mudança sem nenhuma justificativa. O que nós queremos é que não modifiquem essa equipe ou que, de repente façam uma pesquisa em meio à população para verificar como a cidade estava antes e como está agora”, opinou Moreno.
Presidente do Sindicato Empresarial, Claudinei Herreiro recordou um tempo em que Umuarama vivia assolada por constantes assaltos e crimes, que foram combatidos em operações realizadas pela equipe da 7ª SDP. “O delegado e toda sua equipe conseguiram reduzir os índices de criminalidade de Umuarama. Há uns dois anos, os assaltos eram comuns no comércio e em toda a cidade e foram controlados, graças à prisão de várias pessoas e ao trabalho integrado da Polícia Civil com a Polícia Militar e a Guarda Municipal. Por isso, queremos que ele fique”, disse o presidente que conduziu um caminhão de som durante a manifestação.
Transferência - Apesar da segurança estabilizada na cidade e satisfação da população, na terça-feira (12), o Conselho da Polícia Civil se reuniu e optou pela transferência do delegado, porém, não divulgou nem quando e nem para onde ele será transferido. Para justificar a pressa na mudança, o Departamento de Polícia do Interior informou que irá fazer “um melhor aproveitamento” do policial.
A reação da população umuaramense foi imediata. Na sexta-feira (15), a Coordenadoria das Associações de Moradores de Umuarama e Região (Camur) realizou um ato público pela permanência da atual equipe da 7ª SDP em frente à delegacia. O manifesto chegou aos ouvidos do secretário de segurança pública, Almeida César, através de uma audiência com o deputado estadual Fernando Scanavaca. “Mostramos ao secretário que há alguns anos a população foi às ruas e o comércio da cidade fechou pela primeira vez pedindo paz. De lá para cá, mudanças no comando das forças de segurança foram feitas e surtiu muito resultado. Os índices de criminalidade mostram que a cidade está mais segura e com o mesmo efetivo. Creio e espero que em respeito à população de Umuarama esta decisão será revista pelo governador Beto Richa”, disse o deputado.
“O caso de Umuarama será estudado com muito cuidado. Vou pessoalmente levar essa situação ao governador Beto Richa em respeito a toda aquela comunidade, e creio que em breve teremos respostas a dar para a comunidade local”, disse o secretário a Scanavaca na terça-feira (19) em Curitiba.
Outros políticos da cidade também vieram à público esta semana para se manifestar contra a transferência de Fontana. Em entrevista ao Ilustrado , o prefeito Moacir Silva destacou o bom trabalho feito pelo delegado. “Como prefeito que planeja ações de crescimento para Umuarama eu tenho que pensar na segurança e o dr. Pedro se não for o melhor delegado que passou por aqui é um dos melhores. Por isso, eu e os deputados estamos empenhados para que ele fique e continue a realizar bom trabalho junto a toda sua equipe, Polícia Militar e a nossa Guarda Municipal”, disse.
Em nota divulgada à imprensa, o deputado federal, Osmar Serraglio também manifestou sua opinião. “Há menos de um ano, para cá foram deslocados policiais que haviam despertado absoluta confiança da população. Os resultados foram visíveis, inclusive com a interação com a Polícia Militar através do major Ênio. A criminalidade foi consideravelmente reduzida. Apoio, assim, as manifestações de nossa comunidade pela permanência das autoridades de segurança local”, disse.
O presidente da Câmara Municipal, Marcelo Nelli informou através de sua assessoria ter enviado um telegrama ao governador do Estado pedindo que a decisão seja revista.
Novo comando assume 7ª SDP esta semana
Longe dos bastidores políticos e dos desmandos da cúpula da Polícia Civil, as portarias de transferência da 7ª SDP já foram enviadas e esta semana a unidade deve ganhar um novo comando e equipe administrativa. No lugar de Pedro Fontana, a 7ª SDP receberá o delegado Pedro Lucena, que está há 17 anos na Polícia Civil e já passou pelas cidades de Assis Chateaubriand, Terra Roxa, Palotina, Guaíra, Rolândia e Guaíra. Atualmente Lucena atua como delegado-adjunto na 20ª SDP de Toledo.
O nome do delegado ganhou destaque nos últimos anos, quando Lucena esteve à frente de investigações de grande repercussão, como da chacina em Guaíra no dia 22 de setembro de 2008.
Há duas semanas, em entrevista ao Ilustrado Lucena se revelou satisfeito com a mudança e disse ter uma ligação forte com Umuarama, onde estudou. O delegado também prometeu manter o trabalho conjunto com a Polícia Militar, Corporação a qual integrou e a Guarda Municipal.

Um comentário:

  1. SERÁ QUE FOI PERSEGUIÇÃO POLÍTICA...
    SINTO TANTO PELO MEU ESTADO!
    VOLTOU A TER UM MODELO ANTIGO DE GESTÃO...
    QUE VERGONHA DESMORALIZAR SERVIDOR!

    ResponderExcluir

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com