Páginas

23 abril 2011

Representante de Diadema vai ao DF em busca de parceria


sábado, 23 de abril de 2011


Diadema - O secretário de Defesa Social de Diadema, Arquimedes Andrade, se reuniu ontem com a secretária nacional de Segurança Pública Regina Miki para firmar novas parcerias com o objetivo de melhorar a segurança da cidade. 


Entre os assuntos em pauta estavam recursos para rondas escolares e setoriais, ampliação do videomonitoramento e novos projetos, como um novo programa de inclusão social para jovens recém-saídos do sistema prisional ou em situação de risco.

"As conversas com o a Senasp [Secretaria Nacional de Segurança Pública] é de profunda importância para Diadema, que vem diminuindo amplamente seus índices de violência nos últimos anos", afirmou o secretário Arquimedes Andrade.

Para a aquisição de mais cinco viaturas e seis rádios para o programa de ronda escolar, o ministério irá investir R$ 250 mil reais, com a contrapartida de R$ 5 mil da prefeitura municipal. "Este projeto já vinha sendo discutido com o governo federal há um tempo e já estava bem encaminhado. Aguardamos agora, apenas o repasse", acrescentou.

O secretário de Defesa Social de Diadema também discutiu a viabilidade técnica e financeira de dois projetos de convênio já enviados à Senasp. Um deles é o "Rondas Setoriais", com distribuição de equipes da GCM em 22 setores do município, definidos de acordo com as regiões do Orçamento Participativo. O projeto prevê a aquisição de 22 viaturas e 70 rádios HTs. O valor do repasse é de R$ 1,13 milhão e contrapartida municipal de R$ 23,4 mil.

O projeto "Olhar Eletrônico" é outro assunto a ser tratado na audiência, para ampliação do sistema de videomonitoramento do município, com mais 20 câmeras. Atualmente, Diadema possui 64 câmeras monitoradas a partir do Centro Integrado de Videomonitoramento. Para esse convênio, o valor do repasse é de R$ 1,27 milhão e contrapartida de R$ 26 mil.

Além disso, o secretário levou a Brasília novos projetos para discussão, um deles é a aquisição de armas não letais, tipo "Taser", para qualificar a Operação Integrada de Fiscalização. "Essa será a primeira parceria no ABC para esse tipo de arma, outras secretarias possuem parcerias com a Senasp, mas nenhuma com um projeto como este", afirmou o secretário. 

A secretária da Senasp, Regina Miki, já foi secretária de Defesa Social de Diadema, o que fortaleceu os laços com o governo federal. "Não temos privilégios por ser a Regina agora do governo federal, mas temos um bom canal de comunicação com ela e por isso temos boas parceiras agora e ótimas expectativas para o futuro."

Cai número de homicídios

A taxa de homicídios em Diadema caiu 52,38% no primeiro trimestre de 2011, comparado ao mesmo período do ano passado: foram 10 homicídios de janeiro a março, enquanto em 2010 esse número ficou em 21. Este é o melhor resultado desde 2002, quando foi implantada a Lei de Fechamento de Bares (LM n. 2.107/02). Em comparação àquele ano, inclusive, a redução é ainda mais significativa: 84,31%.

Em 2002 foram registrados 63 homicídios. Os dados são do Observatório Municipal de Segurança, da Secretaria de Defesa Social - responsável pelo levantamento estatístico das ocorrências criminais por meio dos boletins de ocorrência da Polícia Civil - e refletem os resultados das políticas públicas de segurança com cidadania, implantadas em Diadema desde 2001 e que fizeram da cidade uma referência nacional e internacional.

O Mapeamento da Criminalidade, referente ao primeiro trimestre de 2011, revela ainda que, comparado ao mesmo período de 2010, houve redução também nos seguintes itens: tentativas de homicídio (34,62%); roubo de carga (15,38%); furto de veículos (13,10%); roubo de veículos (12,65%); ato infracional (4,23%) e furtos (1,60%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com