Páginas

16 abril 2011

Guarda Municipal de Natal terá porte de arma

A prefeita do Natal, Micarla de Sousa e o superintendente da Polícia Federal do Rio Grande do Norte, Marcelo Mosele, assinaram na manhã desta quarta-feira (13) o convênio que viabilizará a concessão do porte de arma para os integrantes da Guarda Municipal de Natal (GMN). A assinatura do convênio tem como objetivo trazer de volta a Guarda Municipal o direito legal de portar o armamento letal em prol da defesa e segurança da sociedade. A assinatura do convênio ainda contou com a presença do Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, Carlos Paiva, do comandante da GMN, Edivan Costa e do delegado de Polícia Federal, Elton de Souza Zanatta.

“Estamos dando um passo importante para a defesa patrimonial de Natal porque desde os 19 anos de existência da Guarda Municipal ainda não havia sido regulamentado o porte de arma. A nossa guarda tem uma atuação preventiva, mas acontecem casos extremo que necessitam de uma ação mais eficaz e nossos homens foram devidamente treinados para portar qualquer tipo de arma”, declarou a prefeita Micarla de Sousa ao assinar o convênio.

“Com esse convênio o nosso trabalho será de orientar e monitorar as ações da Guarda Municipal no sentido de evitar incidente com o porte de arma. A Guarda Municipal do Natal está passando pelos cursos exigidos pela lei federal e terá toda condição de atuar com o porte de arma”. Informou o superintendente da PF/RN, Marcelo Mosele.

Segundo o titular da Semdes, Carlos Paiva, a assinatura do convênio fornece uma nova dinâmica ao processo de regulamentação do porte de arma da instituição, já que orienta e especifica as etapas necessárias ao cumprimento completo das exigências para a normatização. “O convênio além de dar legalidade a atuação da Guarda Municipal, também vai nos permitir formar outras parceiras com a Polícia Federal para fazer uma capacitação contínua dos guardas municipais e teremos a nossa disposição a academia da PF para incrementar nossos treinamentos”, declarou Carlos Paiva.

Com a consolidação do acordo, a Guarda Municipal começará a enviar a documentação das carteiras funcionais dos primeiros agentes aptos a portarem arma de fogo. Para isso o efetivo teve que passar por uma avaliação psicológica, curso de aperfeiçoamento e prática de tiro defensivo que está sendo realizada na Academia de Polícia Militar do RN.

De acordo com o comandante da GMN, Edivan Costa, a Guarda Municipal conta com um efetivo de 530 homens, sendo que 50 já concluíram todas as etapas de formação para a concessão do porte e outros 150 estão para fazer a prática de tiro defensivo nos próximos dias. “A formação e treinamento dos outros 330 guardas estava dependendo da formalização do convenio com a Polícia Federal para começarem. Acredito que dentro de 30 dias os primeiros 50 homens já terão porte de arma”, informou Edivan Costa.

Com informações da assessoria de imprensa da PMN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com