Páginas

27 junho 2011

Richa entrega 500 armas para a Guarda Municipal de Curitiba


michelottofalagrupo


O governador Beto Richa entregou ao prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, nesta segunda-feira (27), 500 armas da Polícia Civil do Paraná para uso da Guarda Municipal. Na solenidade, realizada no quartel geral da Polícia Militar do Paraná, Richa reforçou a importância das parcerias entre as esferas de governo para garantir o bem estar e a segurança das famílias.

“Esta é uma demonstração prática do novo estilo de governar, buscando em todas as ações a parceria, o diálogo e a união de esforços para atingir mais rapidamente nossos objetivos”, disse Richa. “A segurança pública é uma prioridade desta administração, porque é a maior demanda dos paranaenses, que hoje estão aflitos com os altos índices de criminalidade e violência”, afirmou.

Para o prefeito Luciano Ducci, este é mais um fruto da parceria da Prefeitura de Curitiba com o Governo do Estado. “Só temos que agradecer ao governador Beto Richa e toda sua equipe. Estamos fazendo todo o esforço para garantir a segurança das famílias”, afirmou Ducci.

As armas estão em perfeito estado de conservação e prontas para uso. Foram repassadas para a Guarda Municipal depois que o governador autorizou a aquisição de novas pistolas para a Polícia Civil. De acordo com a prefeitura de Curitiba, agora todos os mais de 1.600 guardas municipais passam a contar com revólveres entre os equipamentos de segurança. Até então, 60% da corporação tinha o armamento à disposição para trabalhar.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinicius Michelotto, o armamento para a guarda municipal vai reforçar a segurança da população e dos próprios guardas.”Essa doação vai dar maior tranquilidade e melhores condições de trabalho aos guardas municipais. Uma luta que vem desde o ano passado e só foi possível graça a sensibilidade do governo estadual em uma parceria com a prefeitura municipal em prol da segurança da população curitibana”

Richa disse que eventos como esse vão ocorrer sistematicamente nos próximos anos e que está fazendo um grande esforço para melhorar a segurança, por meio da cooperação com outros níveis de governo. O governador disse que recebeu a área de segurança pública em situação de abandono, com uma das piores taxas de homicídios do País e outros problemas, apesar da dedicação e empenho do reduzido efetivo policial.

“Temos um planejamento de ações na área de segurança pública, previsão de aumento do efetivo de policiais e investimentos em inteligência, em novos equipamentos e principalmente parcerias”, disse Richa. “Tenho a certeza que desta forma vamos avançar bastante para conter a criminalidade no Paraná”, afirmou.

A criação do primeiro Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras do País, criado em Foz do Iguaçu, em parceria com o Ministério da Justiça, e a Operação Liberdade, em maio, que levou à prisão de vários criminosos e a apreensão de 80 kg de crack, é outro exemplo do sucesso da integração entre forças do estado e do município.

A solenidade teve a presença do comandante geral da Polícia Militar, coronel Marcos Theodoro Scheremeta; do secretário de Estado da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar Sobrinho; do delegado geral da Polícia Civil, Marcus Michelotto; do secretário municipal da Defesa Social, Nazir Abdala Chain; do diretor da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso; do deputado federal Fernando Francischini; do deputado estadual Pedro Lupion; do vereador Felipe Braga Cortes e do comandante da 5ª Região Militar, general de divisão William Soares, entre outras autoridades civis e militares.

Assessoria de Imprensa da Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com