Páginas

13 fevereiro 2011

Guarda Municipal e usurpação de função em atividade de fiscalização de Trânsito

Guarda Municipal vai responder por usurpação de função
Publicado em 11/2/2011, às 10h16 
Última atualização em 11/2/2011, às 10h16

Volta Redonda
O inspetor Batista, da Guarda Municipal de Volta Redonda, foi indiciado por usurpação de função - crime considerado de pequeno potencial ofensivo. O guarda municipal foi levado para a 93ª Delegacia de Polícia, depois de tentar apreender a moto de um policial militar, durante uma operação de fiscalização.
O policial considerou que não era da competência da Guarda Municipal realizar esse tipo de operação e encaminhou o inspetor para a delegacia. O suspeito vai responder pelo crime em liberdade, no Juizado Especial Criminal.


Leia mais: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/5,35604.html#ixzz1Drky7MFc


___________________________________________________________________

Delegado descaracteriza usurpação de função de Guarda Municipal
Publicado em 11/2/2011, às 13h08 
Última atualização em 11/2/2011, às 13h08


Arquivo
Major-PM Luiz Henrique diz que a campanha educativa ‘VR em Ordem’ vai continuar
Comandante da GM: Major-PM Luiz Henrique diz que a campanha educativa ‘VR em Ordem’ vai continuar

Volta Redonda
O delegado adjunto da 93ª DP, Márcio Figueiroa, desclassificou, na manhã de hoje,o crime de usurpação de função no caso envolvendo o policial militar Miranda e o inspetor da Guarda Municipal João Batista dos Reis. O delegado considerou o acontecimento como um fato atípico.
O comandante da Guarda Municipal, Luiz Henrique Monteiro Barbosa, entregou para Márcio Figueroa uma cópia de um convênio firmado entre o Detran e o município que permite à corporação atuar na fiscalização do trânsito.
O caso aconteceu na tarde de ontem (10), durante uma operação que estava sendo feita pela Guarda Municipal no bairro Retiro, próximo ao Shopping Dourados. Segundo o depoimento do inspetor da Guarda, ele abordou o condutor de uma moto que estava sem placa e sem retrovisores. O condutor também não apresentou habilitação. O veículo seria de propriedade do policial militar Miranda, que chegou ao local, chamou reforços e pegou as chaves das seis motos que já haviam sido apreendidas e as devolveu para os respectivos condutores.
Depois disso, os policiais tentaram levar Batista para a delegacia na viatura da própria polícia. O comandante da Guarda, Luiz Henrique, chegou ao local e encaminhou Batista para delegacia na viatura da Guarda. Além disso, Luiz Henrique retomou as chaves de cinco motos que haviam sido apreendidas, uma delas o condutor já havia se retirado do local. Na delegacia, Miranda alegou que a Guarda executava função da PM. O delegado Mário Figueiroa concluiu que o guarda municipal agiu dentro da lei.
A moto do policial militar se encontra no pátio da Guarda Municipal, na Ilha São João.




Fonte: http://diariodovale.uol.com.br/noticias/5,35608.html#axzz1DmvLl1pK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com