Páginas

14 dezembro 2011

Papai Noel da Guarda faz festa em creche no Parolin

12/12/2011 18:30





O Papai Noel Azul da Guarda Municipal de Curitiba começou nesta segunda-feira (12), no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Parolin, a entrega em creches e entidades sociais dos 2,5 mil brinquedos arrecadados em órgãos da Prefeitura e empresas privadas. O trabalho voluntário é realizado pelos próprios guardas.

“Este é um trabalho muito bonito realizado por iniciativa dos guardas, vim hoje aqui apenas para demonstrar o meu apoio e homenagear a bela iniciativa”, disse o secretário municipal da Defesa Social, Nazir Chain, que participou da festa de entrega dos presentes.  

     
O secretário anunciou na festa que a partir do próximo ano a Defesa Social irá encampar a festa com o Papai Azul ação e torná-la oficial no calendário da Guarda Municipal, o que deverá torná-la maior.

A arrecadação de doações pelos guardas municipais para entregar a crianças no fim do ano há dez anos, numa conversa descompromissada entre as supervisoras Conceição e Zoraski.
“Demos início à ação num grupo de apenas dez pessoas, que resolveu sair para arrecadar brinquedos que seriam doados a crianças carentes nas vésperas de Natal”, explicou Conceição. Hoje, a maioria dos 1,6 mil guardas municipais de Curitiba participa da ação voluntária.

“Começamos em outubro, recebemos cartinhas com pedidos das crianças e conseguimos doações dentro da própria Guarda, da Polícia Civil, IPCC e empresas privadas”, afirmou Conceição.

Além das crianças do Parolin, neste ano serão presenteados os menoresacolhidos pelo ACOA (Associação Curitibana dos Orfãos da Aids) e do Lar Bom Pastor.  

Segundo Chain, o belo trabalho realizado pela Guarda Municipal, além de alegrar milhares de crianças, ajuda a aproximar os homens da população. “É uma ação que os distancia da imagem de repressão e demonstra a grande compaixão que eles têm pela comunidade”. 
O secretário Chain comentou ainda que o presente que uma criança ganha na ação da Guarda, muitas vezes, é o único presente que ela vai receber de Natal. “Por isso, esse trabalho é tão importante”, afirmou.
 A diretora da CMEI Parolin, Vera Lúcia de Oliveira Aleixo, confirma. “Certamente será o único presente para grande parte delas, por isso estavam muito ansiosas por este momento”, disse. 
O pequeno Natan Lopes de Oliveira, 5 anos, contou que não conseguiu dormir direito à noite, tamanha a expectativa. Ele pediu na cartinha para ganhar instrumentos musicais de brinquedo, como guitarra e bateria. “Quando crescer, eu quero ser músico”, explicou. 
Ele e outras 140 crianças, com idades de zero a cinco anos, participaram da festa no Parolin. Além da distribuição de presentes, teve teatro de fantoches, apresentação de música e lanche

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com