Páginas

26 dezembro 2011

Guarda Civil prende falso policial no centro de Cotia




Por Fau Barbosa (portal viva)

Em patrulhamento nas proximidades do Atacadão Munhoz, a guarnição da Romu se deparou com uma senhora, a qual fez sinal aos guardas.
Ela informou aos guardas que viu um homem alto e negro colocar uma arma de fogo em sua cintura e entrar em um fusca vermelho, indo em direção ao centro de Cotia.
Os guardas então iniciaram patrulhamento na região afim de localizar o referido veículo. Foi quando na rua Engenheiro Leon Paschevic, no centro de Cotia, se depararam com o carro e o individuo descrito.
Durante a abordagem, o homem informou aos guardas que era Policial Civil. Feita a revista pessoal, foi encontrado em sua cintura uma arma, réplica de uma pistola 45 - de uso restrito das forças policiais, uma algema e uma carteira de Policial Metropolitano. No interior do veículo os guardas encontraram ainda sete munições de pistola 45. O indivíduo foi identificado como sendo C.S., de 53 anos e morador do Jardim Leonor.
Ao ser novamente questionado, o homem insistiu ser Policial Civil, dizendo que em sua residência poderiam ser encontrados coletes balístico e algumas munições de arma de fogo.
Os guardas então se deslocaram com o indivíduo até sua residência, onde localizaram em um guarda roupa, sete munições de pistola 45, onze munições de calibre 38, dois coletes balísticos, dois rádios de comunicação (Motorola), uma carteira funcional de Polícia do Exército, uma carteira funcional da Imprensa, uma carteira de Agente de Segurança.



No local foram encotrados ainda seis pássaros da fauna brasileira em extinção, em gaiolas e condições precárias.
Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao indivíduo, sendo o mesmo conduzido à Delegacia de Cotia. Lá o delegado de plantão, Dr. Ricardo Paglion determinou a elaboração do BOPC 8563/2011 e auto de prisão em flagrante delito amparado na Lei 10826/2003 do Estatuto do Desarmamento nos Art. (12 e 16).
O homem ainda responderá pelo uso de material especial restrito (Coletes Balístico). O material apreendido foi encaminhado para o setor de investigação e perícia para levantar sua origem e saber se foi furtado ou roubado.


O veiculo, fusca vermelho, não possuía documentação e foi apreendido e encaminhado para o pátio.
Com relação às aves, o delegado determinou que fosse feito o BO 8566/2011 - Crimes Ambientais da referida Lei 9605/2008 e acionou o Departamento Ambiental da Polícia Militar, o qual se deslocou até a Delegacia de Cotia. O Soldado PM Hernani fez a identificação das aves sendo dois sabiás pardos, um preto, um Curió, um coleiro papa-capim e um cigarrinha.


O indiciado foi multado no valor R$ 12.000.00 e responderá pelos crimes nos artigos 29 e 32. Também foi feita a perícia nas aves pelo setor da Polícia CientÍfica da Polícia Civil, para a constatação de maus tratos.
C.S. foi recolhido à Cadeia Pública de Cotia, ficando a disposição da Justiça.
Atendeu a ocorrência a viatura Romu 04, GC´s Saldanha, Alessandro e Souza Lima, com apoio da Romu 05, GC´s Almeida da Silva, Otavio e Leandro Almeida.

Publicado em AMIGOS DA GUARDA CIVIL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com