Páginas

18 dezembro 2011

Governador do Ceará visita obras e acaba em tumulto com militares


17/12/2011 12h54 - Atualizado em 18/12/2011 08h32

 

Pedras e garrafas foram jogadas no carro conduzido pelo governador.
Militares realizavam protesto por melhores salários no centro de Fortaleza.

Do G1 CE, com informações da TV Verdes Mares
83 comentários
Um protesto de policiais militares e bombeiros em Fortaleza, na manhã deste sábado (17), terminou em tumulto. Ao saberem que o governador Cid Gomes (PSB) estava vistoriando uma obra próxima ao local da manifestação, os participantes decidiram ir ao encontro do governador. Pedras e garrafas pet foram jogadas no carro conduzido por Cid Gomes.
A passeata dos militares começou às 8h, na Praça do Ferreira, Centro de Fortaleza. O protesto deveria seguir para a sede do 5º Batalhão da PM, também no Centro (Rua Antônio Pompeu), mas o percurso foi alterado e os manifestantes foram para uma obra do Metrô de Fortaleza (Metrofor), na Avenida Tristão Gonçalves, também no Centro, que estava sendo vistoriada pelo governador.
Com a chegada dos manifestantes, a comitiva do governador decidiu encerrar a visita. Cid Gomes caminhou sorrindo até o carro. Mas, para isso, teve de passar entre os participantes do protesto, os quais gritavam “se não melhorar a polícia vai parar” e o chamavam de "ditador".
Carro de governador é cercado por manifestantes (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)Carro de governador é cercado por manifestantes
(Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
O governador assumiu o volante do carro, seguranças e assessores tentavam liberar a passagem do veículo. Um dos seguranças do governador quase foi atropelado após cair na frente do carro e um repórter cinematográfico teve a câmera destruída durante o tumulto. Um cinegrafista do governo foi agredido e registrou boletim de ocorrência. Os manifestantes deitaram no chão para impedir a saída do gestor, mas não tiveram sucesso.
Militares deitam no chão para impedir saída de gvernador (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)Militares deitam no chão para impedir saída de
governador (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Reivindicações
O protesto foi organizado pela Associação dos Policias e Bombeiros Militares do Ceará (Aspramece), a categoria reivindica, entre outras coisas, reajuste salarial e um novo concurso público.
Governo
A assessoria do governo informou que Cid Gomes  vai se reunir com a mesa permanente de negociação que reúne membros de todos os sindicatos de servidores públicos, ainda nesta semana, para negociar reajuste salarial.  O governador Cid Gomes, após o incidente, seguiu para outras vistorias na Região Metropolitana de Fortaleza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com