Páginas

20 janeiro 2011

Concurso para guarda civil será em março

Prefeitura prepara edital para seleção de 150 integrantes para novo órgão de segurança de Campina Grande
Valderêdo Borba //valderedoborba.pb@dabr.com.br


A Prefeitura de Campina Grande deverá lançar, em março, o edital para realização de concurso público visando preencher de 150 vagas de guarda civil. O objetivo é formar os quadros da nova Guarda Municipal armada de Campina Grande, que atuará no auxílio da segurança dos prédios públicos, bem como dos cidadãos campinenses, contribuindo com o trabalho das polícias. A projeção foi feita ontem pelo secretário de Administração da Prefeitura de Campina Grande, Constantino Soares.

De acordo com o secretário, embora no orçamento anual defina R$ 2, 23 milhões em dotação própria, a prefeitura ainda está em fase de selecionar qual empresa aplicará o concurso. Deverá ser aberta uma licitação para a escolha da empresa organizadora da disputa. Constantino revelou que há uma preocupação da administração em buscar recursos junto ao Ministério da Justiça, através do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) para fortalecer o trabalho de assistência.

"A prioridade é buscar trabalhar na elaboração de projetos, a fim de angariar recursos para a montagem de uma estrutura moderna e eficiente de segurança pública municipal, através do Pronasci", declarou Constantino, que prevê o lançamento do concurso para o final do mês de março, já que exige uma atenção maior para a construção desse edital.

Das 150 vagas a serem abertas, para 2011 serão convocados os 100 primeiros colocados, deixando os últimos 50 aprovados para serem chamados em 2012. A Guarda Municipal terá uma estrutura organizacional pequena, com um coordenador e duas gerências, sendo uma de operações e outra administrativa.

O órgão atuará de forma armada, seguindo a filosofia da Secretaria Nacional de Segurança, devendo agir em cooperação com as polícias Civil e Militar e os demais órgãos do sistema de Justiça Criminal, sempre se norteando pelas diretrizes nacionais do Sistema Único de Segurança Pública, e seguindo os princípios de organicidade gerencial, qualificação da formação básica e integração das informações. 



Fonte: http://www.diariodaborborema.com.br/2011/01/18/politica2_0.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com