Páginas

13 outubro 2011

Ameaça do PCC deixa forças de segurança em alerta

Roberto Silva
As polícias Civil e Militar de Maringá e demais cidades do Paraná passarão o feriado desta quinta-feira em alerta máximo.
A medida foi tomada depois de um e-mail, supostamente vazado pela polícia de São Paulo, comunicar sobre uma provável onda de ataques da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) contra membros das forças de segurança.
Por medida de segurança, cópias do e-mail foram repassadas para todas as delegacias da região, bem como ao 4º Batalhão de Polícia Militar, Guarda Municipal, Casa de Custódia de Maringá (CCM) e Penitenciária Estadual de Maringá (PEM).
"Não temos histórico da presença do PCC na nossa região, mas não podemos subestimar uma notícia deste porte", afirmou o delegado-chefe da 9ª Subdivisão Policial (SDP), Osnildo Carneiro Lemes.
De acordo com o delegado, a notícia do suposto ataque teria sido obtida através de uma interceptação feita dentro de um presídio paulista, onde estariam recolhidos líderes e integrantes da organização criminosa.
A suposta interceptação relata que os atentados estariam marcados para ocorrer nesta quinta-feira (12) e que os alvos do PCC seriam as mulheres que prestam serviços aos órgãos de segurança, incluindo a Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com