Páginas

02 maio 2012

Ed Miranda: baluarte e realizador


José Carlos Netto | José Carlos Netto | 02/05/2012 16h40

Baluarte, realizador, honesto, humano, amigo fiel, cana- dura, quando de sua época de policial, um pai extremoso e acima de tudo um mangueirense mais do que fiel. Um apaixonado pela Estação Primeira de Mangueira. Esse é perfil do cidadão Ed Miranda Rosa, que acaba de lascar para tristeza de familiares e amigos dentre os quais este JCN se inclui com muita honra.
Como policial Ed Miranda Rosa não teve macula. Ele foi da antiga Guarda Civil criada ainda por Getúlio Dorneles Vargas, o chamado "pai dos pobres"
Este JCN é suspeito para riscar sobre a vida de um homem cujo caráter não tinha jaça e sua palavra valia mais do qualquer documento assinado em cartório. 
Ed Miranda Rosa viveu todas as fases do samba carioca. Já década de 30 estava em Mangueira lado a lado de bambas como Cartola, Geraldo Pereira, Carlos Cachaça, José Ramos e tantos outros.
Em Mangueira fez parte do grupo que fundou a famosa ALA DOS PERIQUITOS, que até os dias de hoje continua firme com os seus ideais e tradições defendendo sempre o pavilhão verde - e - rosa.
Quando o presidente JK levou a nossa capital para Brasília, EDM foi transferido para a boa Polícia Federal, mas continuando lotado no Rio de Janeiro. 
Na qualidade de meganha federal participou da fundação da CASA DO POLICIAL, entidade cujos quadros ele chegou por várias vezes a ser o presidente, inclusive atualmente estava no cargo.
Mas a grande paixão do papai Ed (era assim que o JCN o chamava) era mesmo a Mangueira, quadra que freqüentava sempre. Dizem mesmo os mais antigos que no carnaval ele se arriscava em desfilar de passista protegido por uma grande peruca para evitar problemas na sua corporação. 
Por ter sido um samango da pesada, Ed Miranda Rosa passou ser requisitado para "leão- de- chácara" dos muitos eventos da ocasião. Foi justamente quando o conheci e comecei conviver com ele.
Foi no clube de baile Estudantina Musical, que fica ali na boa e velha Praça Tiradentes. Por ser menor de idade eu não podia entrar para bailar alegremente, conforme minha vontade.
Ed Miranda Rosa era o principal da casa "leão - de - chácara" e sempre estava pronto para ajudar seu amigo Manoel dos Santos, o proprietário da Estudantina. Acho que a única vez que vi o seu Ed transgredir foi mandou eu subir e sentar em sua mesa, mas não bebericar nenhum tipo de bebida alcoólica.     
Quis o destino que anos depois este JCN, na qualidade de presidente de uma Assembléia Geral de uma eleição para presidente da Mangueira, dessa posse ao senhor Ed Miranda Rosa como primeiro mandatário da Estação Primeira.
Logo após virei seu principal assessor e junto de sua diretoria conseguimos construir a antiga quadra que acabou dando origem ao atual Palácio do Samba. Lembro que a obra foi financiada pelo Banco de Campina Grande sendo seu principal acionista o ex-jogador Pelé, que inclusive esteve em Mangueira por ocasião do lançamento da pedra fundamental da obra.  
EDM não ganhou nenhum desfile como presidente, mas dois anos depois de deixar o cargo passou ser o presidente da Ala da Velha Guarda da Mangueira, cargo que ocupava cumulativamente como de primeiro mandatário da Associação das Velhas Guardas Das Escolas De Samba do Rio de Janeiro.
Cumprindo o seu lema de realizador, Ed Miranda Rosa também deu uma sede par AVGESRJ. Foi após assumir o cargo de presidente diante do falecimento do seu Armando Santos da Portela. Ed simplesmente trocou todos os ingressos que tinha direito no camarote na Sapucaí. Com esse dinheiro comprou uma casa caindo aos pedaços no eixo Piedade/ Abolição e hoje aquilo que era uma casa velha é hoje a sede da entidade.
Por catorze anos Ed Miranda Rosa presidiu a AVGESRJ. Inclusive, apesar dos seus 95 anos de idade, acabara de ser reeleito presidente. Não tenho mais palavras para falar desse homem que em vida foi um grande exemplo para muitos dirigentes atuais do samba carioca. Se a metade desses dirigentes tivessem o carisma e o talento como tinha Ed Miranda Rosa o samba não estava na pindaíba que está
Descanse em paz, Ed.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com