Páginas

20 julho 2010

Cada vez mais integradas à segurança pública

Guardas municipais

Cada vez mais integradas à segurança pública

Além de cuidar dos prédios públicos, as corporações também são chamadas em crimes diversos
  19/07/10 às 20:49  |  Da Redação - com agências
A atuação das guardas municipais cada vez mais se integram e complementam as ações de segurança pública nas grandes cidades. Entre o domingo e a tarde de ontem, flagrantes em Curitiba e São José dos Pinhais mostram o quanto as corporações vão além de apenas cuidar dos bens públicos. Em Curitiba, a Guarda Municipal flagrou quatro homens na madrugada de domingo por tráfico e consumo de drogas. Um primo dos envolvidos foi detido por tentar subornar os guardas municipais. A equipe da Guarda passava pela rua Alfredo Bufren, nas proximidades da Universidade Federal do Paraná, e viu os homens em atitude suspeita, por volta das 3h30.
“Tinha um veículo parado e do lado de fora dois homens fumando crack. No momento que passávamos um terceiro de bicicleta havia acabado de comprar droga do motorista do carro”, disse o inspetor Cláudio Frederico de Carvalho, da Guarda Municipal.
Os guardas revistaram o motorista e encontraram duas pedras de crack com ele. Dentro do veículo foram achadas 28 buchas de cocaína. No interior do carro também encontraram outros materiais suspeitos como um rádio automotivo, baterias para veículos, dois relógios de pulso, um aparelho de CD, um celular e R$ 349,75 em dinheiro.

Durante o deslocamento para a delegacia houve uma ligação para o celular de um dos detidos. “Uma mulher se identificou como esposa dele e ofereceu dinheiro para que nós o liberasse”, disse o inspetor Frederico. Um homem de 23 anos e uma adolescente de 14 anos encontraram a equipe da Guarda Municipal e ofereceram R$ 2 mil em dinheiro para que  ele fosse solto. “No momento que o homem deu o dinheiro recebeu voz de prisão por corrupção ativa e também foi levado à delegacia”, disse Frederico. A adolescente foi apreendida e entregue para familiares na delegacia.

Em São José dos Pinhais,  a Guarda Municipal e policiais civis trabalharam juntos para prender dois dos três envolvidos no assassinato de um homem na noite de domingo na porta do Shopping São José. Os dois foram presos em endereços diferentes e um deles tentou fugir na hora da prisão. Os suspeitos foram identificados pelas câmeras de segurança do shopping que flagraram toda a ação dos bandidos. Um dos envolvidos que segundo a Guarda Municipal deve estar com o carro e as armas já foi identificado e continua sendo procurado.
“Hoje além da Guarda ser chamada para crimes em torno de equipamentos da Prefeitura, ela é chamada para efetuar prisões de traficantes, assaltantes e pedófilos”, lembra o secretário municipal da Defesa Social de Curitiba, à qual está subordinada a Guarda, Marcus Vinícius Michelotto.
No começo do mês, guardas municipais de Curitiba também prenderam um suspeito de ter abusado sexualmente de crianças e adoelscentes na Capital. Ele foi detido em frente a um shopping depois de ter sido reconhecido por uma vítima.

Fonte: http://www.bemparana.com.br/index.php?n=151571&t=cada-vez-mais-integradas-a-seguranca-publica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com