Páginas

21 julho 2012

Fruet tem propostas concretas para saúde, educação, segurança e mobilidade



Em entrevista a ÓTV na noite de quarta-feira (18), o candidato a prefeito Gustavo Fruet (PDT) apontou as áreas da saúde, educação, mobilidade urbana e segurança como prioritárias na futura gestão.
Fruet destacou as falhas da atual administração e apresentou suas propostas.
Em relação à saúde, o pedetista afirmou que não podem ser aceitas como normais as mortes por falta de atendimento. “Vamos rever toda gestão da Secretaria de Saúde. Aumentar o horário de atendimento das unidades de saúde e contratar mais profissionais. Rever os convênios com entidades filantrópicas, universitárias e particulares. Estreitar a colaboração com municípios da região metropolitana. Os profissionais precisam ser valorizados com a revisão do plano de cargos e salários”.
Na educação, Gustavo promete trabalhar no combate ao analfabetismo, que hoje ainda atinge mais de 30 mil curitibanos. “A criação do Plano Municipal de Educação é prioridade. Temos condições de zerar a fila de espera por vagas em creches na faixa dos 4 e 5 anos e reduzir muito na faixa até 3 anos. Isso é possível através da construção de creches em áreas mais carentes. Vamos investir pesado na formação continuada dos professores e estimular a criação de escolas técnicas. Até 2018, vamos elevar dois atuais 8 anos para 13 anos a média de permanência dos curitibanos na escola”.
Fruet comentou ainda que os problemas no trânsito estão diretamente relacionados a falta de investimentos e perda de qualidade no transporte coletivo. “O transporte público perdeu 14 milhões de usuários nos últimos quatro anos, ou seja, não está atendendo às demandas da população. Com menos de R$ 300 milhões é possível dobrar o número de usuários do eixo sul, com construção de trincheiras e efetivação do Sistema Integrado, que prevê a sincronicidade dos semáforos permitindo que os ônibus se desloquem em velocidade constante”, disse.
“Vamos estimular o uso de modais alternativos, como a bicicleta. Estamos propondo a construção de 300 quilômetros em ciclorrotas. A médio prazo temos condições de ampliar o número de usuários de bicicleta como meio de transporte para entre 5 e 10% da população. É uma questão cultural”, completou.
Na segurança, Gustavo Fruet garante que a atual administração falhou na urbanização de algumas áreas, permitindo que a criminalidade se instalasse. “Se hoje são necessárias medidas extremas como a instalação de Unidades Paraná Seguro (UPS) é porque a administração perdeu espaço para os criminosos. Como prefeito, quero assumir a responsabilidade pela segurança dos curitibanos. Vamos dobrar o efetivo da Guarda Municipal. Construir a academia própria de formação dos guardas. Criar o Conselho Municipal de Segurança e o Comitê Municipal de Prevenção ao Uso de Drogas, que trabalhará em parceria com as unidades de tratamento para abertura de 500 vagas para recuperação de dependentes”, concluiu.

Um comentário:

  1. Concordo plenamente com as metas de governo do Gustavo Fruet, Principalmente na área de segurança.

    ResponderExcluir

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com