10 novembro 2011

Mulher agride atendente após esperar por atendimento em posto no PR



Caso ocorreu na noite de terça (8), em Curitiba; veja o vídeo.
Mulher afirmou à polícia que esperou por pelo menos 4 horas.

Do G1 PR, com informações da RPC TV
218 comentários
Uma mulher foi detida pela Guarda Municipal após agredir uma funcionária de uma Unidade de Saúde 24 horas no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na noite de terça-feira (8).

video

Veja a reportagem do Bom Dia Paraná, da RPC TV
De acordo com os policiais, a mulher era parente de um dos pacientes e teria agredido a atendente porque cansou de esperar pelo atendimento do familiar. Ela afirmou que ficou pelo menos quatro horas esperando o atendimento médico.
No local, outros pacientes também reclamaram da demora. "Nossa ajuda aqui não existe. Ou você tem dinheiro para pagar um plano de saúde ou você vai penar (...) a criança vai sofrer", disse a mãe de um dos pacientes que aguardava na fila.
Luis Girardello, que é coordenador da unidade de urgência e emergência da unidade, afirma que a equipe está completa e que a demora não está relacionada à falta de médicos. "Os pacientes que são classificados com risco de vida são atendidos em menos de dez minutos. Os pacientes que não são classificados como urgência e emergência deveriam ser consultados em unidades básicas de saúde. Por isso, essas pessoas acabam esperando por muito mais tempo porque a demanda é muito grande", relatou.
A mulher detida foi encaminhada para a delegacia. Ela foi indiciada por dano ao patrimônio público, lesão corporal e por desacato a autoridade. Segundo os policiais, ela foi liberada por volta das 6h desta quarta-feira (9).

Extraído de: http://g1.globo.com/parana/noticia/2011/11/mulher-agride-atendente-apos-esperar-por-atendimento-em-posto-no-pr.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com