Páginas

26 novembro 2011

Crescem as denúncias contra pichadores em Curitiba



As denúncias contra pichadores em Curitiba feitas para o número de telefone 153 aumentaram em 650% nos últimos nove anos, segundo dados da Guarda Municipal. Em 2011 foram 623 registros da ação de pichadores na cidade. Em 2002, este número era de 82.
Os dados foram apresentados para menores, autuados em flagrante por crime de pichação em Curitiba, que assistiram acompanhados dos pais, à palestra da Guarda Municipal, atendendo determinação da Justiça. “A Guarda Municipal tem detido cada vez mais as pessoas que praticam pichação. Para ampliar o flagrante, estamos usando a tecnologia, como câmeras de vídeos”, disse o inspetor Claudio Frederico de Carvalho.
Os bairros da Regional Matriz são os que registram o maior número de casos envolvendo pichadores, com 202 ocorrências neste ano. Depois seguem as administrações regionais da Boa Vista, com 81 casos, e a do Portão, com 78 casos. Neste ano, foram detidas 189 pessoas.

Palestra – Esta é a terceira palestra realizada neste ano para orientação de menores pichadores, como parte da parceria do município de Curitiba com o Poder Judiciário. O curso foi dado para 26 jovens e seus pais e aberto pela promotora Heloíse Bettega Casagrande, na sede da a 3ª Vara da Infância e da Juventude, no Capão da Imbuia. A promotora explica que esta palestra faz parte do cumprimento de pena alternativa para a recuperação dos infratores, definida a partir de convênio entre a Secretaria Municipal da Defesa Social e o Poder Judiciário.
Durante duas horas, instrutores da Guarda Municipal explicaram que a pichação é um ato ilegal. O crime de pichação é previsto no artigo 65 da Lei de Crimes Ambientais. Quem é flagrado cometendo o delito paga multa administrativa de R$ 714,20. Além da multa, os menores de idade cumprem pena alternativa e os maiores são encaminhados à delegacia do Meio Ambiente e ao Juizado Especial Criminal. Os infratores também ficam impedidos de participar de concurso público municipal pelo período de dois anos.

Para a promotora, estas palestras têm ajudado a diminuir o número de jovens reincidentes em pichação. Dados da Guarda Municipal apontam que menos de 10% dos adolescentes detidos voltam a ser pegos pichando.

As denúncias são importantes no combate às pichações. O inspetor Cláudio Frederico de Carvalho, da Guarda Municipal. O inspetor da Guarda ressalta que, nos casos de denúncias, é importante dar a descrição dos pichadores para facilitar a identificação durante as rondas. “É necessário saber estatura, cor da roupa e outros detalhes”, explica. As denúncias devem ser feitas pelo telefone 153.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com