Páginas

23 fevereiro 2010

Prefeitura aumenta proposta de reajuste para guardas

guarda3Publicado em 23/02/2010 às 19:22

Prefeitura aumenta proposta de

reajuste para guardas


A Prefeitura de Curitiba fez nesta terça-feira (23) uma nova proposta de reajuste salarial aos guardas municipais, para que a greve seja encerrada e os profissionais voltem a seus postos de trabalho. O Município propôs aumento real de 8% dos vencimentos dos guardas, além da reposição salarial, prevista para a data-base da categoria, em abril. Na proposta anterior da Prefeitura, o aumento real era de 6%.

O diálogo foi retomado conforme determinação do prefeito Beto Richa, que reuniu-se com os representantes da Guarda Municipal na última segunda-feira. Nesta terça, os representantes da Guarda foram recebidos na Prefeitura pelos secretários de Recursos Humanos, Paulo Schmidt, e de Governo, Rui Hara.

"A Prefeitura mantém o diálogo aberto, mas a condição para negociação passa pelo respeito à determinação da Justiça de que 100% dos serviços sejam mantidos, para não haver mais prejuízo à população", disse o secretário Paulo Schmidt.

Na última sexta, a Justiça proibiu a greve na Guarda Municipal. Em seu despacho, o juiz Roger Vinicius Pires de Camargo Oliveira, da 3ª Vara da Fazenda Pública, considerou o serviço essencial e determinou a manutenção integral das atividades de todos os guardas municipais. Em caso de descumprimento, o juiz estipulou multa diária de R$ 10 mil ao Sismuc e autorizou o desconto de salários e vantagens funcionais relativos aos dias em que houver paralisação.

A nova proposta atende aos limites financeiros e orçamentários da Prefeitura neste momento e representa uma antecipação de parte do índice necessário para atingir a remuneração da categoria de R$ 1.300,00 em abril de 2011, o que antecipa em 20 meses o compromisso da Prefeitura com o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, que estabelece que a remuneração dos guardas municipais no País seja de R$ 1.300,00 até dezembro de 2012.

O Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc) apresentou na reunião uma contraproposta com pedido um reajuste real de 15% em abril de 2009, de 20% em 2011 e 20% em 2012. "Vamos analisar, mas é um pedido muito alto. A Prefeitura está aberta para a negociação, mas obviamente as propostas têm que ser razoáveis", disse Schmidt.


Fonte: http://www.curitiba.pr.gov.br/publico/noticia.aspx?codigo=18587&Prefeitura-aumenta-proposta-de-reajuste-para-guardas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com