23 fevereiro 2010

Prefeito reúne-se com guardas municipais

Prefeito Beto Richa participa de reunião com Guard ...Publicado em 22/02/2010 às 17:04

Prefeito reúne-se com
guardas municipais

O prefeito Beto Richa reuniu-se nesta segunda-feira (22) com uma comissão de representantes da Guarda Municipal de Curitiba. A reunião foi na Câmara Municipal e teve a presença de integrantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc).

Richa afirmou que a administração sempre esteve aberta ao diálogo com todas as classes do funcionalismo. O prefeito também falou dos avanços para os servidores desde 2005, com reposição salarial sempre acima da inflação. "Somente na área de segurança, houve investimento de mais de R$ 30 milhões", disse Richa.

O prefeito afirmou que a Prefeitura tem mantido o cronograma de negociação com a categoria e que foi feita uma proposta de aumento salarial e de melhorias no plano de carreira dos guardas.

Richa disse ainda que o diálogo com a categoria será mantido, e que novas reuniões acontecerão, sem necessidade de paralisação dos serviços da guarda municipal.

Também participaram da reunião o vice-prefeito Luciano Ducci; o presidente da Câmara, vereador João Cláudio Derosso; o líder do governo municipal, vereador Mario Celso Cunha; e os vereadores Tico Kuzma e Serginho do Posto; além dos secretários Rui Hara, do Governo Municipal, e Paulo Schmidt, de Recursos Humanos.

A Justiça proibiu a greve na Guarda Municipal, que havia sido anunciada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc) para ter início na segunda-feira (22). Em seu despacho, o juiz Roger Vinicius Pires de Camargo Oliveira, da 3ª Vara da Fazenda Pública, considerou o serviço essencial e determinou a manutenção integral das atividades de todos os guardas municipais.

Em caso de descumprimento, o juiz estipulou multa diária de R$ 10 mil ao Sismuc e autorizou o desconto de salários e vantagens funcionais relativos aos dias em que houver paralisação.

O magistrado também proibiu o Sismuc de cercear o direito de acesso dos servidores municipais que decidirem não aderir ao movimento, ou de usuários que procuram as unidades de prestação de serviços públicos.

O juiz entendeu que havia um risco inegável para toda a população local na segurança e na proteção ao patrimônio público, em áreas como educação, abastecimento, meio ambiente, transporte público e coletivo, além da área de saúde.

Fonte: http://www.curitiba.pr.gov.br/publico/noticia.aspx?codigo=18574&Prefeito-reúne-se-com-guardas-municipais

2 comentários:

  1. BRASIL, CIDADÃOS E CIDADÃS, BLOGUEIROS...Leiam matéria sobre a ocupação da Câmara Municipal de Tabuleiro do Norte, HOJE, pelos servidores municipais com o seu sindicato. Queriam apenas conversar, tirar projeto de pauta, pois direito de amplia, não se reduz! Matéria completa no blog: www.valdecyalves.blogspot.com

    Divulguem, comentem, liguem em solidariedade aos seus amigos servidores, ao sindicato irmão. Hoje são eles na luta, amanhã poderão ser vocês. ARMEMOS REDE DE APOIO. Contatos na matéria do blog www.valdecyalves.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, R$ 710 é um salário muito baixo mesmo, nós somos a classe trabalhadora e temos que lutar contra essa política ditatorial do Brasil, ainda mais quando nossa população infelizmente vota em pessoas que nunca entraram num onibus p/ trabalhar, nunca comeram marmita portanto não sabem valorizar os operários da Segurança Pública do Município!!!

    ResponderExcluir

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com