Páginas

19 setembro 2009

Assalto a ônibus deixa 1 morto e 2 feridos em Guarulhos

Daniela do Canto

Uma pessoa morreu e outras duas foram baleadas em uma tentativa de assalto a um ônibus na Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, na noite desta terça-feira (15/09). De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os três baleados - entre eles dois passageiros e um assaltante - foram atingidos durante uma troca de tiros entre um guarda civil metropolitano, passageiro do ônibus, e os criminosos.

O crime aconteceu por volta das 20h30, na altura do quilômetro 224 da rodovia, quando três bandidos anunciaram o assalto dentro do coletivo da empresa Transdutra, que levava cerca de 40 passageiros. Segundo a PRF, os assaltantes perceberam que um dos passageiros era um guarda e tentaram agredi-lo. O guarda, então, atirou para se defender. Houve troca de tiros.

Ainda conforme a PRF, dois bandidos conseguiram fugir. Os dois passageiros feridos foram levados ao Hospital Geral de Guarulhos (HGG). Um deles morreu enquanto recebia atendimento. O suspeito baleado foi encaminhado ao Hospital Municipal de Urgência (HMU), em Guarulhos. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial da cidade. (AE).


NOTA DE ESCLARECIMENTO

"os assaltantes perceberam que um dos passageiros era um guarda e tentaram agredi-lo. O guarda, então, atirou para se defender."

É triste perceber que determinadas pessoas que se dizem tão cultas, instruídas e preparadas, não sabem ler e acompanhar os noticiários como deveriam.

Note-se que o Honroso Guarda Municipal de Guarulhos foi reconhecido como GM e passou a correr risco de morte, como norma permissiva, bastava apenas o digníssimo ex-Secretário Nacional, observar o que prevê o art. 23 do Código Penal, antes de sair “arrotando” besteiras e se dizendo profundo conhecedor de algo, o qual apenas tomou conhecimento, se o fez, e foi de modo am passant, isto no seu gabinete.

Pensar que este profissional, sem concurso público exerceu cargo de autoridade pública, para tratar da segurança dos brasileiros de uma maneira tão ignóbil e desprezível.

Que vergonha.

Perdi em menos de um mês dois amigos Guardas Municipais que perderam suas vidas prematuramente, pura e simplesmente por não ter uma simples arma de fogo, para se defenderem. E ainda sou obrigado a ouvir tamanha besteira sendo pronunciada em cadeia nacional por uma pessoa totalmente leiga e/ou extremamente corporativista.

É esse o Brasil que nós queremos deixar para as futuras gerações?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com