Páginas

12 janeiro 2010

Guarda municipal é preso em flagrante no Cohatrac


Diminuir corpo de texto Aumentar corpo de texto
11 de janeiro de 2010 às 10:47
Envie para: Envie para o Del.icio.us Envie para o Digg Envie para o Reddit Envie para o Simpy Envie para o Yahoo My Web Envie para o Furl Envie para o Blinklist Envie para o Technorati Envie para o Google Bookmarks Envie para o Stumble Upon Envie para o Feed me links Envie para o Ma.gnolia Envie para o Newsvine Envie para o Squidoo

Policiais militares prenderam em flagrante, às 5h da manhã de ontem, no Cohatrac, um guarda municipal que estava portando uma arma ilegalmente e fazendo ameaças de morte a uma pessoa. A vítima fez a denúncia no treiler da Polícia Militar do bairro do Cohatrac. O acusado seria filho de um investigador da Polícia Civil, dono da arma que o rapaz estava usando.

O soldado Hernando, que efetuou a prisão, disse que a pseudovítima estava fazendo a denúncia, quando o guarda municipal passou de carro. A vítima identificou o rapaz e o apontou para o policial. "Como estávamos recebendo uma denúncia, resolvemos parar o carro e revistá-lo. Encontramos com ele a pistola 0.40, de uso exclusivo de policiais. Logo depois, soubemos que ele é filho de um policial civil", explicou o militar.

Conduzido para o Plantão Central Cohatrac, o acusado foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e por porte ilegal de arma, porém, apenas foi lavrado o Boletim de Ocorrência (BO), pois, segundo o PM Hernando, o delegado Jorge Luís, que estava no PC pela manhã, não quis lavrar o auto de prisão em flagrante, deixando a ocorrência para seu substituo no plantão. "Não estão querendo autuar o rapaz", denunciou o militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado pela sua contribuição.
Inspetor Frederico

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com