Páginas

17 fevereiro 2013

Operação Nhapecani detém 190 pessoas e apreende 160 quilos de maconha


Segurança

07/02/2013 19:30

Coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghetti
 Durante as 24 horas de ação da segunda edição da “Operação Nhapecani” quase 39.053 mil pessoas foram abordadas e 190 delas detidas ou apreendidas. As equipes policiais vistoriaram mais de 23.884 mil veículos, com a apreensão ou recuperação de 518. Mais de 160 quilos de maconha e 950 pedras de crack foram encontrados. Dezenove armas de fogo e 462 munições de diversos calibres foram apreendidas. A operação foi iniciada às 6 h orasda quarta-feira (06/02) e terminou às 8 horas desta quinta-feira (07/02). 
Coronel Roberson Luiz Bondaruk, Comandante Geral da Policia Militar do Paraná, na coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghetti
A megaoperação foi desencadeada com cerca de 6 mil agentes de segurança pública em todo o Estado, sob a coordenação da Polícia Militar do Paraná, que disponibilizou cerca de 5,2 mil policiais militares. A “Operação Nhapecani” teve, ainda, a participação de mais de 370 policiais civis, 60 policiais federais, 234 rodoviários federais, além de 70 integrantes da Receita Federal. Durante a ação, os policiais realizaram batidas e abordagens, em 508 pontos de bloqueios, fiscalizando todos os tipos de veículos, pessoas e estabelecimentos comerciais. No total foram empregadas 1,5 viaturas incluindo todas as forças.
Coronel Roberson Luiz Bondaruk, Comandante Geral da Policia Militar do Paraná, na coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghetti
Os dados da Nhapecani foram divulgados pelo comandante-geral da PM, coronel Roberson Luiz Bondaruk. “É uma operação que já está na segunda edição, com ótimo resultados, e que traz mais segurança e tranquilidade à população, principalmente porque é feita em conjunto”, avaliou . 

O objetivo da megaoperação é reduzir a incidência de crimes violentos contra a pessoa (homicídios, latrocínios e lesões corporais) e contra o patrimônio (furtos e roubos), assim como os casos de roubos e furtos em veículos e estabelecimentos. “A quantidade de armas e drogas que deixou de circular superou as expectativas. Isso mostra que a operação teve o sigilo e a agilidade necessários”, disse Bondaruk. “A parceria é sempre bem vinda na Segurança Pública e quem ganha é a população”, destacou. 
Inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Ricardo Schneider, na coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghetti
Também participaram da divulgação dos resultados o chefe da Divisão de Repressão do Contrabando e Descaminho da Receita Federal, Sérgio Lorente; o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Ricardo Schneider, o delegado da Polícia Federal, Marcos Smidt; o delegado da Polícia Civil, Valter Baruffi Junior, e o Inspetor da Guarda Municipal, Cláudio Frederico de Carvalho.
Delegado da Polícia Federal, Marcos Smidth, na coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghett
ABORDAGENS - Entre as 39.053 pessoas abordadas, 145 foram detidas e 45 adolescentes apreendidos por envolvimento com o crime. Os policiais militares ainda se depararam com 68 situações de flagrante e 21 de flagrante de ato infracional. Eles cumpriram 45 mandados. Dos 23.884 carros vistoriados, 506 estavam em situação irregular e foram apreendidos. Outros 12 foram recuperados por estarem com alerta de furto ou roubo. 
Coronel Vilmar Becker, Sub Comandante Geral da Policia Militar do Paraná, na coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghetti .
Além das 26 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) apreendidas, 2.369 multas por infração de trânsito foram expedidas pela PM. As equipes também vistoriaram 733 estabelecimentos. Os policiais ainda apreenderam 273 objetos ilícitos ou de contrabando. Das ações, 62 resultaram em assinatura de Termo Circunstanciado. Ao todo, 19 armas de fogo foram apreendidas em todas as regiões nessas 24 horas. Também foram apreendidas 3.450 bolinhas de haxixe.
Coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Na foto, delegado da Policia Civil do Paraná. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghetti

PM – Todos os Batalhões da Polícia Militar (BPM) participaram da operação, assim como as unidades especializadas da PM – Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), Batalhão de Patrulha Escolar (BPEC), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e o Regimento de Polícia Montada (RPMon). Atuaram, ainda, o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), o Batalhão de Policia Guarda (BPGD), e o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron).
Inspetor Claudio Frederico de Carvalho, Comandante da Guarda Municipal de Curitiba, na coletiva de imprensa sobre Operação Nhapecani. Curitiba, 07/02/2013 Foto: Cabo Daniel Meneghetti 
Resultados regionalizados da PM e por instituição 

2º CRPM (Norte/Norte Pioneiro) – Nesta área de atuação, que compreende o 2º BPM (Batalhão da Polícia Militar), 5º BPM, 10º BPM, 15º BPM, 18º BPM, 4ª CIPM, 6ª CIPM e 7ª CIPM, foram 4.291 pessoas abordadas, sendo 16 detidas, duas assistidas e seis apreendidas. Nas ações, 3.389 veículos foram abordados. Destes 93 foram apreendidos e um recuperado. A operação também resultou no cumprimento de seis mandados, na lavratura de dois Termos Circunstanciados e em 50 estabelecimentos vistoriados.

Foram registrados seis flagrantes e sete flagrantes de ato infracional, 355 autos de infração de trânsito emitidos, uma CNH recolhida e 12 apreensões de outros objetos.

3º CRPM (Noroeste) – Nesta área de atuação, que compreende o 4º BPM, 7º BPM, 8º BPM, 11º BPM e 5ª CIPM, foram 7.011 pessoas abordadas, sendo 33 detidas, duas assistidas e nove apreendidas. Nas ações, 3.863 veículos foram abordados, destes 83 foram apreendidos e um recuperado. A operação também resultou no cumprimento de 12 mandados, na lavratura de 13 Termos Circunstanciados e em 103 estabelecimentos vistoriados. Uma arma de fogo apreendida, três simulacros, 143 munições de diversos calibres, 818 pedras de crack e 21.441 maços de cigarros. A operação também resultou em oito flagrantes e um flagrantes de ato infracional, 360 autos de infração de trânsito emitidos, seis CNH recolhidas e em 147 apreensões de outros objetos.

4º CRPM (Campos Gerais/Sul) – Nesta área de atuação, que compreende o 1º BPM, 16º BPM, 1ª CIPM, 2ª CIPM, 3ª CIPM e 8ª CIPM, foram 4.671 pessoas abordadas, sendo 17 detidas, sete assistidas e sete apreendidas. Nas ações, 3.075 veículos foram abordados, destes 97 foram apreendidos e um recuperado. A operação também resultou no cumprimento de 17 mandados, sete Termos Circunstanciados lavrados e em 188 locais vistoriados.

Na região sul foram três armas apreendidas, 0,036 Kg de maconha e 20 pedras de crack. A operação também resultou em cinco flagrantes e dois flagrantes de ato infracional, além de 325 autos de infração de trânsito emitidos, duas CNH recolhidas e duas apreensões de outros objetos.

5º CRPM (Oeste/Sudoeste) – Nesta área de atuação, que compreende o 3º BPM, 6º BPM, 14º BPM, 19º BPM e 21º BPM, foram 4.203 pessoas abordadas, sendo 22 detidas, quatro assistidas e seis apreendidas. Nas ações, 2.867 veículos foram abordados, destes 59 foram apreendidos e dois recuperados. A operação também resultou no cumprimento de um mandado, na lavratura de três Termos Circunstanciados e em 171 locais vistoriados.

Na região oeste/sudoeste foram três armas apreendidas, 32 munições de diferentes calibres e 0,102 Kg de maconha. Também foram registrados 13 flagrantes e três flagrantes de ato infracional, além de 166 autos de infração de trânsito e seis apreensões de outros objetos.

6º CRPM (RMC/litoral) – Nesta área de atuação, que compreende o 9º BPM, 17º BPM, 22º BPM e o Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), foram 7.021 pessoas abordadas, sendo 14 detidas, duas assistidas e quatro apreendidas. Nas ações, 3.026 veículos foram abordados. Destes, 55 foram apreendidos. A operação também resultou na lavratura de cinco Termos Circunstanciados e em 21 locais vistoriados.

Na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e litoral do Estado, foi apreendida uma arma, dez munições de calibres diversos, 0,524 Kg de maconha, 0,183 Kg de cocaína, 85 pedras de crack e dez outras drogas. Foram registrados cinco flagrantes e dois flagrantes de ato infracional, além da emissão de 315 autos de infração de trânsito.

1º CRPM (Capital) – Nesta área de atuação, que compreende o 12º BPM, 13º BPM, 20º BPM e 23º BPM, foram 2.456 pessoas abordadas, sendo oito detidas. Nas ações, 1.216 veículos foram abordados. Destes 47 foram apreendidos, sendo 24 estabelecimentos vistoriados.

Na capital do estado, foram duas armas apreendidas, 12 munições de diferentes calibres e 0,665 Kg de maconha. A operação também resultou no registrado de seis flagrantes e na emissão de 103 autos de infração de trânsito.

Fonte: http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=72982

Fruet lança Guarda Municipal de Proteção Animal




O prefeito Gustavo Fruet lançou neste sábado (16), no Passeio Público de Curitiba, a Guarda Municipal de Proteção Animal, estrutura que vai atuar na proteção de animais e no combate aos maus tratos. São agentes da Guarda Municipal treinados e que irão trabalhar em conjunto com fiscais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente sempre que houver denúncias de agressão ou descaso com animais domésticos, criadouros clandestinos e ainda em ações de educação e conscientização da população sobre posse responsável.


“Maltratar animais é crime e tem que ser denunciado. É necessário estimular a adoção de animais abandonados e a posse responsável aqui em Curitiba” destacou Fruet. Ele lembrou que é responsabilidade do proprietário de cães, gatos ou qualquer outro bicho doméstico assegurar os cuidados necessários com a saúde, alimentação e higiene durante todo o período da vida do animal.


O médico veterinário Alexander Welker Biondo, diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria do Meio Ambiente, explicou que as verificações de maus tratos já aconteciam, mas o reforço da Guarda Municipal mostra que isso será fortalecido a partir de agora. 


O diretor da Guarda Municipal, Claudio Frederico Carvalho, disse que nos casos de denúncia em que a pessoa se mostrar resistente, a Guarda buscará o amparo da Delegacia de Meio Ambiente, da Polícia Civil. “São casos que precisam de uma ação rápida”, afirmou.
Metas
Segundo Biondo, a Secretaria de Meio Ambiente tem três metas para este ano na área de proteção animal: o combate aos maus tratos, o incentivo às castrações de animais de rua e pertencentes a famílias carentes e o investimento em projetos educacionais, por meio de parcerias com escolas. “Vamos intensificar as fiscalizações para combater o comércio irregular de animais e fazer uma força-tarefa para colocar em dia a verificação das denúncias que recebemos e que hoje chegam perto de 200 casos”, comentou.


Outro projeto que deve sair do papel em breve, afirmou Biondo, é o Hospital Veterinário Público, para facilitar o acesso à assistência veterinária, tanto de pessoas que não podem pagar por serviços particulares quanto para protetores que realizam trabalhos voluntários com animais de rua. “Não é necessário construir um hospital novo e contratar pessoal. Podemos fazer contratos com hospitais veterinários e clínicas, como já ocorre hoje no sistema de saúde. O animal que estiver precisando de atendimento será encaminhado para um destes serviços credenciados”, esclareceu Biondo.


Denúncias de maus tratos a animais podem ser feitas pelo telefone 156, da Prefeitura, e 153, da Guarda Municipal. Pessoas interessadas em adotar um animal podem entrar em contato com a Rede de Proteção pelo telefone (41) 3350-8933.

Rádio Prefeitura
Radio Prefeitura
Guarda Municipal de Proteção animal é lançada no Passeio Público


Fonte: 

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com