Páginas

28 janeiro 2013

Guardas Municipais recebem treinamento



Os 1,6 mil integrantes da Guarda Municipal de Curitiba vão passar, até o fim deste ano, por uma reciclagem completa. A primeira turma, com 250 guardas, iniciou as aulas nesta segunda-feira (28). Entre os aspectos tratados no curso estão técnicas de abordagem, procedimentos operacionais, utilização correta das viaturas, uso escalonado da força e como proceder durante as ações.  O curso é realizado  no Salão Barigui, no Parque Barigui.

Também fazem parte do currículo alguns procedimentos de Defesa Civil, o que inclui entrada, saída e evacuação de locais e auxílio a vítimas em casos de emergência. “Alguns guardas municipais se formaram em 1988 e nunca mais tiveram uma reciclagem como esta”, explica o gerente de instrução, Luiz Antônio Rubin. O treinamento será extensivo inclusive a guardas municipais que estejam afastados por problemas de saúde, por exemplo.

Segundo o diretor da Guarda Municipal, Cláudio Frederico de Carvalho, o estágio de qualificação profissional cumpre o Decreto federal 5.123, que determina a realização de 80 horas de cursos voltados ao atendimento de qualidade ao cidadão. “Pela primeira vez essa determinação está sendo cumprida”, diz.

A agente Salete Barbosa Mazutti, há 22 anos na Guarda Municipal de Curitiba, confirma. “Há anos eu não tinha uma reciclagem completa como esta”, afirma. “Me sentirei mais preparada e mais segura daqui para a frente, para dar um melhor atendimento à população.”
Ela comenta que, quando se formou, a abordagem interpessoal não era um assunto tão valorizado quanto é hoje. “É necessário o treinamento para não ficarmos defasados”, diz Salete. Assuntos atuais como bulling e homofobia são tratados durante o curso.

“Eles vão relembrar aqui coisas que aprenderam na academia, além de entrar em contato com novos conceitos, mais avançados, de segurança”, afirma a gerente de instrução Eliane Hirt Ferreira Muller.
Na prática 
O estágio de qualificação é realizado em duas fases. A primeira, que teve início nesta segunda (28), é teórica, com carga horária de 52 horas. Na segunda fase haverá 28 horas de atividades praticas, quando os alunos serão distribuídos nos parques da cidade para estágios operacionais.

Ao longo do dia, os guardas terão aulas de Direitos Humanos, Estatuto do Desarmamento, Rádio Comunicação, Procedimento em Ocorrências e o Uso Progressivo da Força, Legislação, Técnicas de Abordagem, Técnicas de Algemamento e Técnicas de Patrulhamento.
Radio Prefeitura
Guardas Municipais recebem treinamento






Fonte: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/guardas-municipais-recebem-treinamento/28425


26 janeiro 2013

Guarda Municipal confirma presença no Garibaldis e Sacis



Será neste domingo (27), a partir das 16 horas, a segunda apresentação do bloco Garibaldis e Sacis no Largo da Ordem. O bloco - que tradicionalmente se apresenta nos quatro finais de semana que antecedem o Carnaval - reuniu 15 mil pessoas no domingo passado.
“O saldo foi muito positivo na área da segurança. Esperamos ter o mesmo resultado neste domingo”, afirma o diretor da Guarda Municipal de Curitiba, Cláudio Frederico de Carvalho.
Nesta semana, foi realizada uma reunião entre representantes da Prefeitura, da Polícia Militar e do bloco Garibaldis e Sacis para estabelecer uma ação integrada de todos os envolvidos nos eventos pré-carnavalescos, garantindo assim mais segurança e tranquilidade à população.
A festa, que reúne milhares de pessoas no Largo da Ordem, ao som das marchinhas de Carnaval, começou no último domingo (20) e terá mais três edições – duas no centro histórico (dias 27 de janeiro e 3 de fevereiro) e uma no bairro Sítio Cercado (2 de fevereiro).
Além dos 40 homens destacados para atuar a cada edição do evento, em parceria com o efetivo de 60 policiais militares, a Guarda Municipal participa com quatro cães farejadores e uma unidade móvel de videomonitoramento.
“Os cães não entram na festa, mas ficam nos arredores, para ajudar a coibir a entrada de substâncias ilícitas”, explica Frederico. A Guarda Municipal dá suporte também à operação pente-fino da Polícia Militar. “Não é permitido que os foliões portem garrafas, latas, tubos de spray ou objetos que possam ser usados como armas”, informa.
Uma novidade da Guarda prevista para as próximas edições é a viatura de videomonitoramento. Na prática, a unidade móvel irá percorrer a festa capturando imagens com abrangência de 360 graus, imagens aéreas com altura de até quatro metros e zoom, o que possibilitará filmagens à longa distância.
“Estas imagens serão monitoradas pela equipe presente na viatura e também serão transmitidas em tempo real para a sede da Guarda Municipal”, explica o diretor.
A segurança do evento conta ainda com cinco viaturas da Guarda Municipal, que fazem rondas periódicas no Centro da Cidade, e com as câmeras fixas de videomonitoramento instaladas no Largo da Ordem.

Reunião
Convocada pela Fundação Cultural de Curitiba, a reunião para discutir a segurança do Garibaldis e Sacis teve o objetivo de dar o suporte para que os órgãos envolvidos troquem informações e ajustem seus procedimentos, segundo o superintendente da Fundação Cultural de Curitiba, Igor Cordeiro.
“Os eventos pré-carnavalescos têm crescido ano a ano, ganhando grandes proporções. Sabendo que a população participa e se diverte, é nossa responsabilidade fazer com que essas festividades aconteçam da melhor maneira possível”, explica o superintendente.

Participaram da reunião, agentes da Guarda Municipal, das secretarias municipais do Meio Ambiente, Turismo, Urbanismo e de Trânsito (Setran), e do 22º Batalhão da Polícia Militar, responsável pelo policiamento da área do centro histórico.
Também estiveram presentes, além dos coordenadores dos Garibaldis e Sacis, Luiz Nobre e Rogério Guiraud, coordenadores da caminhada Zombie Walk, Doca Soares e Flávia Nogueira. A Zombie Walk acontece pelo quinto ano consecutivo e também já é marca registrada do Carnaval curitibano.

O bloco
Há 14 anos, o Garibaldis e Sacis resgata a tradição das marchinhas populares e dos blocos carnavalescos. A festa acontece nos quatro finais de semana que antecedem o Carnaval, no Largo da Ordem, e reúne milhares de foliões que dançam e brincam embalados pelo som do bloco.
Neste ano, a Fundação Cultural de Curitiba estabeleceu uma parceria com os animadores do bloco. Além de apoiar o evento em suas saídas tradicionais aos domingos, levará o grupo, pela primeira vez, a um bairro de Curitiba. A festa será no Sítio Cercado, no dia 2 de fevereiro, às 16h.
No Largo da Ordem, o bloco estará de volta nos próximos domingos (27 de janeiro e 3 de fevereiro). Como já é tradição, a cada semana os foliões brincam com um tema diferente.
Confira as próximas edições:
27 de janeiro, às 16h – Garibaldis vai à praia (Com chuva ou sol “vamos a la playa”);
2 de fevereiro, às 16h – Garibaldis e Sacis no bairro Sítio Cercado;
3 de fevereiro, às 16h – Garibaldis e Sacis Invertido (mulher vai de homem, homem vai de mulher).
Fonte: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/guarda-municipal-confirma-presenca-no-garibaldis-e-sacis/28402

13 janeiro 2013

Nicolas Alves, da GCM de Apiaí toma posse como vereador





No dia 1º de Janeiro, o GCM Nicolas Alves de Apiaí tomou posse como vereador na cidade de Ribeira. Atuando a 5 anos na defesa dos cidadãos Apiaienses como Guarda Municipal, Nicolas atuara também na defesa do povo de Ribeira, cidade onde reside desde a infância.
Dentro da corporação, o GCM possui um histórico respeitável e reconhecido por todos devido a seriedade e disciplina que exerce suas funções. Essa foi a primeira candidatura de Nicolas e a População reconheceu o valor e competência, decidindo eleger o GCM como representante para os próximos quatro anos.
Feliz com o resultado das urnas, Nicolas reassumiu o compromisso com todos aqueles que depositaram sua confiança em suas propostas e disse estar muito motivado para iniciar os trabalhos na câmara municipal.
A cidade de Ribeira esta localizada a 32 km de Apiaí, já na divisa com o estado do Paraná e é conhecida como a capital da amizade. Famosa por realizar uma das maiores festas de Carnaval de rua da região, o município de pouco mais de 3.500 habitantes encontra se as margens do Rio “ribeira “, um dos maiores do Brasil.
Os colegas da Guarda Civil Municipal de Apiaí desejam muito sucesso ao vereador Nicolas Alves, e que esse seja o inicio de uma fase de grandes conquistas para todos.
Nicolas e esposa Marcia
 


Vítima reage e mata assaltante na região central de Curitiba


Fernanda Deslandes

Um homem reagiu a uma tentativa de assalto, tomou a arma de seu algoz e o matou, no início da madrugada de domingo, no Centro de Curitiba. Ele também foi baleado e está em estado grave, internado no Hospital Evangélico.

Foto: Marco André Lima
Uma equipe da Guarda Municipal monitorava as câmeras da região central quando percebeu uma movimentação estranha pouco depois da 1h perto do Verona AFF-8754, que estava estacionado na Rua Riachuelo, perto da esquina com a Rua Carlos Cavalcanti. O guarda posicionou a câmera na direção do veículo, e percebeu que se tratava de um assalto.
Quando ele avisou as equipes de plantão, os próprios guardas ouviram a sequência de disparos, já que estavam a apenas uma quadra de distância, na Rua Presidente Faria. Quando chegaram ao local, encontraram João Pedro dos Santos, 33 anos, gravemente ferido. Ele foi socorrido pelo Siate e levado ao Hospital Cajuru, onde morreu horas depois. Contra ele vigorava um mandado de prisão.

Roubo
As imagens mostram que Felipe Fernandes, 44 anos, foi abordado por João dentro do veículo. Ele reagiu e tomou a arma do assaltante. Durante o embate físico, ele foi baleado na axila. O disparo perfurou o pulmão. João tentou sair correndo, mas Felipe disparou cinco vezes contra o assaltante, que caiu desacordado do outro lado da rua.

Foto: Equipe da Guarda Municipal que atendeu a ocorrência.
Felipe pegou seu celular, que ficou caído no chão, e arrancou com o Verona, provavelmente em busca de socorro. Ele perdeu as forças menos de duas quadras adiante, e parou na Praça 19 de Dezembro, onde também foi socorrido pelos guardas municipais e pelo Siate. No Hospital Cajuru, ele passou por uma cirurgia e permanece internado, em estado grave.
O revólver calibre 38 totalmente descarregado, com a numeração suprimida, ficou dentro do carro.

Foto: Marco André Lima

A maior dificuldade dos guardas, naquele momento, era descobrir quem era o assaltante e quem era a vítima, mas tudo foi esclarecido pela equipe que monitorou o crime do começo ao fim, através das câmeras.
O Verona ficou estacionado no pátio da sede da Guarda Municipal até ser devolvido para a família de Felipe. A arma utilizada no crime e as imagens foram encaminhadas para a Delegacia de Homicídios, que continua investigando o caso.



Fonte: http://www.parana-online.com.br/editoria/policia/news/642663/?noticia=VITIMA+REAGE+E+MATA+ASSALTANTE+NA+REGIAO+CENTRAL+DE+CURITIBA

Vítima reage e mata assaltante no Centro de Curitiba

Mesmo ferido, vítima conseguiu tomar a arma do assaltante e disparar várias vezes contra o criminoso, que chegou a ser encaminhado ao Hospital, mas não resistiu

KATNA BARAN, ESPECIAL PARA A GAZETA DO POVO

Um homem morreu depois de tentar roubar um carro na Rua Riachuelo, Centro de Curitiba, na madrugada deste domingo (13). A vítima do assalto, de 44 anos, reagiu à ação e tomou a arma do criminoso, de 29 anos, que acabou levando cinco tiros na região da cabeça. O assaltante chegou a ser encaminhado ao Hospital Cajuru, mas não resistiu aos ferimentos.
A Guarda Municipal atendeu a ocorrência, já que monitora a região central da capital com câmeras de segurança. Segundo o guarda Jame Jadir, a ação ocorreu por volta da 1 hora. “A vítima do assalto saiu do veículo e entrou em luta corporal com o criminoso e acabou levando um tiro na perna”, conta. Mesmo ferido, o homem conseguiu tomar a arma do assaltante e disparar várias vezes contra o criminoso.
Depois, a vítima ainda conseguiu dirigir o carro, um Verona vermelho, até a Praça 19 de Dezembro. A Guarda Municipal seguiu o homem até o local e chamou o Siate, que o encaminhou até o Hospital Evangélico, onde ele está internado sem risco de morte.
Segundo a Guarda Municipal, a investigação do caso foi encaminhada a Delegacia de Homicídios de Curitiba.
Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=1335371&tit=Vitima-reage-e-mata-assaltante-no-Centro-de-Curitiba

Guardas assistem jovem tirando arma de assaltante e atirando nele na Riachuelo

Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

A Guarda Municipal de Curitiba assistiu a uma ação criminosa que terminou pior para o assaltante na madrugada deste domingo (13). Na rua Riachuelo, no Centro, o jovem Felipe Fernandes recebeu voz de assalto e entrou em luta corporal com João Pedro dos Santos, de 33 anos. Fernandes levou um tiro na perna e o suspeito foi alvejado na nuca. Santos foi encaminhado ao Hospital Cajuru e não resistiu aos ferimentos.

Os guardas de plantão nas câmeras que monitoram a região central acompanharam toda a situação que começou por volta da 1h. “Flagramos uma confusão dentro de um Verona vermelho e verificamos que era uma tentativa de assalto. O jovem entrou em luta corporal, levou um tiro na perna e atirou na nuca do suspeito depois de tirar o calibre 38 dele. O assaltante morreu no hospital”, descreveu o guarda Fábio Ribeiro.
Fernandes foi encaminhado ao Hospital Evangélico e passa bem. A Polícia Civil de Curitiba vai investigar o caso e decidirá qual atitude tomar.
Fonte: http://bandab.pron.com.br/jornalismo/policia/guardas-assistem-jovem-tirando-arma-de-assaltante-e-atirando-nele-na-riachuelo-48249/

ACP e segurança pública iniciam força tarefa contra pichação



Reunião contou com organizações e autoridades interessadas em punir depredação de forma mais eficiente
A Associação Comercial do Paraná (ACP), em parceria com representantes da Segurança Pública (Policia Militar, Civil, Guarda municipal), de escolas municipais particulares e do Sindicato dos Vigilantes, realizou nesta quinta-feira (10) a segunda reunião com o intuito de debater medidas para a prevenção e punição dos pichadores na capital.  O presidente da ACP, Edson José Ramon, reiterou o esforço da instituição para evitar os prejuízos causados pelos vândalos e sugeriu a criação de um setor especial dentro da delegacia do Meio Ambiente para tratar o assunto.  
De acordo com o major Luiz Marcelo Maziero (GGI-PM), até março o Estado deve contar com um acréscimo de 1000 soltados e 1300 viaturas nas ruas, o que beneficiará diretamente as ações contra as pichações na cidade. “Além de reforçar o policiamento, precisamos contar com o apoio de toda a comunidade, só em 2012 foram 196 autuações na capital”, disse. Os serviços de inteligência e o trabalho nas redes sociais também serão utilizados para repreender os criminosos.
Representantes do Sindicato dos Vigilantes de Curitiba, presentes em 3 mil pontos da capital, das escolas particulares (Sinepe) e municipais, por meio do programa Comunidade Escola, em parceria com a Patrulha Escolar,  garantiram redobrar a atenção e instruir a comunidade a denunciar os infratores.
Segundo o diretor da Guarda Municipal, Claudio Frederico de Carvalho, há dez anos a prefeitura passou a contabilizar o número anual de denúncias contra pichações na cidade, que passaram de 80 ligações em 2002 para 1200 em 2012.
Para o diretor, além de trazer prejuízos aos proprietários, a pichação potencializa o abandono e marginalização das regiões depredadas.  De acordo com Carvalho, 50% dos infratores são maiores de idade.
Fonte: http://www.acpr.com.br/site/2013/01/acp-e-seguranca-publica-iniciam-forca-tarefa-contra-pichacao/10-01-13-pichacao-18p/

Fruet coordena primeira reunião do Gabinete Integrado de Segurança Objetivo é integrar forças de segurança e trabalhar na prevenção


Objetivo é integrar forças de segurança e trabalhar na prevenção


Fruet coordenada primeira reunião do Gabinete Integrado de Segurança
O prefeito Gustavo Fruet presidiu nesta terça-feira (8), a primeira reunião do Gabinete de Gestão Integrada que irá definir estratégias de ações na área da segurança.
Além do prefeito e da vice-prefeita Mirian Gonçalves, participaram da primeira reunião o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada, René Vitek; o delegado chefe da Divisão de Infraestrutura da Polícia Civil, Benedito Gonçalves Neto; o representante da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, delegado Roberto Milanezi; o representante do 1º Comando Regional da Polícia Militar, tenente-coronel Rosa Neto; e o diretor da Guarda Municipal, Inspetor Claudio Frederico de Carvalho.
“Conforme anunciamos na campanha, nossa proposta é de que este gabinete esteja vinculado diretamente ao gabinete do prefeito. O trabalho será todo voltado para a integração das forças policiais e prevenção a criminalidade”, explica Gustavo Fruet.
As reuniões do Gabinete de Gestão Integrada acontecerão mensalmente.
Fonte: http://www.fruet.com.br/curitibaquermais/fruet-coordenada-primeira-reuniao-do-gabinete-integrado-de-seguranca/

Onde Encontrar os Livros? Clik no Banner

Fale Conosco

Assunto do contato
Nome
E-mail
Mensagem
Cidade
Estado



http://www.linkws.com